As lembrancinhas ja estao quase prontas, e tao lindas que estao :) Tudo rosinha e branco, que coisinha mai' fofa... Tivemos um jeitaço que me surpreendeu... continuo a achar que deviamos fazer negocio com este dom que estava muito bem escondido...

A tua mae esta com uma barriga enorme... parece um patinho a andar. E sente dores, muitas dores. Sempre que alguém me liga fora de horas penso logo que estas para nascer. Eu e a tia Mara so falamos nisso a toda a hora... a ansiedade é mais que muita...

So de te imaginar dentro daquelas roupinhas fofinhas, a dormir naquele berço, envolta num ambiente encantado...ai... derrete-se-me o coraçao...

Confesso que agora ando tao ocupada que nao me dava mesmo jeito nenhum que nascesses antes de Janeiro... mas pronto... conhecendo-me como conheço vou estar todos os dias em tua casa depois do trabalho, para te dar muitos miminhos... e depois? Que faço da minha vida? Dos meus estudos? Da minha casa? Enfim, olha, deixa para la...quero é que chegues... e sejas sempre esta luz, que és neste momento, nas nossas vidas...

Ninguém imagina o amor que te temos, minha "pukunina".

Até ja... espero eu...

publicado por Jo às 11:52